Siga-nos nas Redes Sociais

Pirataria

Conmebol aperta o cerco contra transmissões piratas

Publicado

em

Conmebol
Francisco Kroner / 140 Online

O jornal O Estado de S. Paulo publicou matéria, do jornalista João Prata, sobre a intenção da Conmebol de apertar o cerco contra as transmissões de jogos online piratas das competições que organiza (Libertadores, Copa América, Sudamericana). Segundo a matéria, a Conmebol acertou parceria com a Irdeto, empresa holandesa especializada em segurança digital.

A parceria tem por objetivo combater a redistribuição pirata online. Por meio de inteligência artificial, a empresa monitora na internet os locais onde estão sendo feitas as transmissões online ilegais e notifica a empresa para remoção do conteúdo.

No ranking da América Latina, o Brasil ficou em quarto lugar entre os países que mais consomem conteúdo pirata, segundo pesquisa feita em 2017 pela Irdeto.

Segundo o advogado Renato Opice, coordenador do curso de Direito Digital da Faap, quem transmite evento pirata se enquadra no artigo 184 do Código Brasileiro e a punição vai de de dois a quatro anos de prisão, mais multa, que pode chegar a R$ 9 milhões em casos extremos. Quem assiste a streaming pirata, se a investigação demonstrar que o usuário não foi enganado e teve a intenção de não pagar, pode ser enquadrado por crime de receptação, com prisão de um a quatro anos e multa.

Veja matéria completa

Antipirataria

ABTA: combate à pirataria repercute no exterior

Publicado

em

Por

Presidente da ABTA, Oscar Simões em entrevista para o site Leaders League

As ações de combate à pirataria no Brasil, com grandes operações de sucesso, têm sido repercutidas internacionalmente. O site Leaders League publicou entrevista com o presidente executivo da Associação Brasileira de TV por Assinatura (ABTA), Oscar Simões, que respondeu sobre o combate e os desafios em relação aos avanços tecnológicos da pirataria e a sua prática ilegal.

Simões contou sobre a ação realizada em conjunto às polícias de vários Estados do Brasil e que a ABTA, para apoiar essa força-tarefa antipirataria, conta com quatro pilares: medidas técnicas, institucionais, judiciais e de comunicação, que tem dado resultados significativos.

Além disso, o presidente mostrou a importância das campanhas publicitárias que visam conscientizar a população sobre o tema, realizadas pela entidade em canais de TV aberta e paga, falou sobre os principais obstáculos no combate à pirataria no Brasil e deu um panorama do futuro da ABTA.

Continuar Lendo

Pirataria

TV box não é sinônimo de TV pirata

Publicado

em

Por

Importantes redes de vendas de eletrodomésticos têm ajudado na causa antipirataria ao orientar os consumidores sobre como adquirir produtos legais e não ser enganando levando “gato por lebre”, como acontece muito na compra de TVs Box.

Matéria publicada no site da Leroy Merlin é um exemplo disso, ao ensinar o que é e como comprar uma TV Box sem aderir à ilegalidade já que, uma das grandes dúvidas do cliente é se ela é um produto legal ou não.

O que é?

Para aqueles que ainda não sabem exatamente o que é a TV Box, a matéria explica em poucas palavras, que é a transformação do aparelho de TV comum em um modelo smart.

Por meio dela é possível contar com a tecnologia 4K e a TV normal passa a ser uma central de multimídia, com acesso à filmes e séries em serviços de streaming, jogos e aplicativos e conteúdos disponíveis na internet. Além disso é possível integrar o aparelho com os sistemas operacionais de smartphones e tablets Android ou Apple.

Legalidade

De acordo com o texto, para evitar que o modelo procurado seja atrelado ao crime de pirataria é preciso, primeiramente, escolher um produto que tenha o selo de homologação da Anatel, sem sistema operacional que dê acesso clandestino a canais de TV fechada e à serviços de streaming.

E, para garantir ainda mais a qualidade e sua legalidade, é necessário optar sempre por produtos que tenham boa procedência e nota fiscal.

Características importantes

Hoje em dia, existem muitas opções desses aparelhos e, portanto, é importante que o consumidor pesquise o que mais se adapta ao que deseja e escolha um produto eficiente que ofereça todas as vantagens que uma smart TV possui.

Ainda, segundo texto da loja, as TVs Box tem características e funcionalidades que devem ser avaliadas antes da compra como: processador, memória RAM, armazenamento, armazenamento interno e conectividade com entradas e USB e conexão via bluetooth.

Continuar Lendo

Trending