Polícia identifica mais um caso de TV por assinatura ilegal

Mais um caso de prisão por estelionato com aparelhos de TV por assinatura foi notícia na imprensa.

O portal O Dia noticiou que dois homens vendiam aparelhos para recepção de sinal de TV por assinatura, e cobravam uma quantia de R$ 400,00 reais pelo aparelho, mais uma taxa de instalação que variava de R$ 30 a R$ 100.

A dupla confessou que vendia cerca de 10 aparelhos por semana, o que daria em média R$ 16 mil por mês.

Vítimas podem ser consideradas receptadoras

A prisão foi realizada pela Polícia Civil, por meio do Grupo de Apoio Operacional (GAO), que constatou que, apesar de algumas vítimas terem sido realmente enganadas pelos supostos técnicos, outras sabiam que a venda era ilícita.

O conselho dos policiais às vítimas foi que devolvessem os aparelhos, sob risco de serem presas por receptação. Segundo os policiais, é possível localizá-los mesmo que sejam escondidos, por conta do sinal.

Relacionado: